quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Para cientistas, "visões" podem ser excesso de CO2 no organismo



Cientistas podem ter descoberto o segredo por trás das chamadas "experiências de quase- morte". Em um estudo publicado na revista Critical Care, sobreviventes descreveram o momento como se tivessem visto a vida passar diante dos olhos e citaram uma extrema sensação de paz.

Ao invés de uma experiência religiosa, como muitos acreditam, os pesquisadores afirmaram que o fenômeno pode ser considerado um truque da mente, causado por uma reação química no corpo.

Pessoas com altos níveis de dióxido de carbono (CO2) no sangue são mais propensas a ter visões, disseram os especialistas. Estudos anteriores associaram altos níveis de gás a alucinações.

Muitas pessoas que dizem ter passado pela experiência de quase-morte citam luzes brilhantes e túneis. Os sobreviventes costumam lembrar também de contatos com entes queridos já falecidos. "Nosso estudo traz à tona importantes informações sobre o fenômeno de quase- morte", disse Zalika Klemenc-Ketis, da Universidade de Maribor, na Eslovênia.

Levantamento - A pesquisa analisou 52 pacientes vitímas de parada cardíaca. Cerca de 11 pessoas disseram ter passado pela mesma experiência. O estudo afirmou ainda que as sensações não estão relacionadas a crença religiosa, educação, medicamentos administrados durante o processo de ressuscitação, medo da morte, sexo ou idade.

Ainda de acordo com os especialistas, o CO2 é utilizado pelo organismo no auxílio do bom funcionamento da corrente sanguínea.

Fonte: Veja

Via GUIAME.com.br


 Fonte: Portal Você Para Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário