sábado, 18 de abril de 2015

O que foi o espinho na carne de Paulo?




Várias explicações sobre a natureza do espinho na carne de Paulo já foram dadas. Elas variam de tentação incessante, doença intratável ou crônica, a perseguição de seus antigos irmãos de fé os Judeus, e até pasmem, já houve quem disse que eram tentações na área sexual.





O que sabemos sobre esse espinho na carne é mencionado por Paulo em 2 Coríntios 12,7:


“E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte.”


Ads by GreatDeals(?)Hide ads
Primeiro, o propósito do espinho na carne era fazer com que Paulo permanecesse humilde. Qualquer pessoa que tivesse encontrado Jesus, falado diretamente e sido enviado pessoalmente por Ele (Atos 9:2-8) ficaria, em seu estado natural, orgulhoso da sua experiência incrível. Acrescente a isso o fato de que Paulo tinha sido guiado pelo Espírito Santo a escrever muito do Novo testamento, e é fácil ver como ele poderia ter se tornado orgulhoso e arrogante.


Segundo, sabemos que a aflição veio de Satanás ou de um dos seus mensageiros. Assim como Deus permitiu que Satanás atormentasse a Jó (Jó 1:1-12), Deus permitiu que Satanás atormentasse Paulo para que Seu propósito e Sua vontade fossem executados.




É fácil compreender por que Paulo consideraria esse espinho como um atrapalho a um ministério mais efetivo e amplo (Gálatas 5:14-16) e por que ele pediu continuamente a Deus que o removesse de sua vida (2 Coríntios 12:8).



No entanto, ele aprendeu dessa experiência a lição que permeia seus escritos:

O poder divino é melhor demonstrado quando no meio da fraqueza humana (2 Coríntios 4:7), para que apenas Deus receba o louvor e crédito (2 Coríntios 10:17).



Ao invés de remover o problema, Deus deu a Paulo graça e força através da situação, e foi Ele quem declarou que Sua graça é “suficiente”:



“Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto o pecado.E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri.E o mandamento que era para vida, achei eu que me era para morte.Porque o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me matou.E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom.Logo tornou-se-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte pelo bem; a fim de que pelo mandamento o pecado se fizesse excessivamente maligno.Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado.Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa.De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.”(Romanos 7,8-25)



“LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO”

Fonte: Blog Beraká
http://berakash.blogspot.com.br/2015/03/o-que-foi-o-espinho-na-carne-de-paulo.html

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Fiel usa chat do Facebook e expulsa 7 demônios do corpo de menina de 14 anos, afirma Bispo Edir Macedo



O líder da Igreja Universal (IURD), bispo Edir Macedo, publicou nessa sexta feira em seu blog o relato da esposa de um pastor da IURD que teria expulsado o demônio de uma jovem através do chat do Facebook.

A história da esposa do pastor, chamada Raquel, foi enviada a Macedo pela sua irmã. De acordo com o relato, a esposa do pastor costuma atender através do Facebook uma menina de 14 anos, chamada Bibiane, cuja mãe é “taróloga”, o pai é viciado em drogas e sempre vê muitos demônios, que não a deixavam dormir, estudar, comer e nem sequer beber água.

Quando a menina não consegue dormir chama Raquel pelo Facebook e, durante uma dessas conversas, Raquel teria percebido que não era Bibiane que estava conversando com ela, por causa das coisas que falava. Ela então pensou ser o irmão da jovem, que odeia a IURD, mas logo percebeu se tratar de demônios, que haviam possuído a menina.

O relato afirma que ao perceber se tratar de demônio, a esposa do pastor usou o próprio chat do Facebook para expulsá-los.

Depois do exorcismo, a menina disse que via suas mãos digitando sem conseguir voltar a si e tomar o controle. Ela conta ainda demônio voltou as mãos dela para o próprio pescoço e começou a apertar com muita força dizendo que iria matá-la, mas que depois da ordem dada por Raquel, ouviu uma voz que disse: “Ela é minha, solte-a agora!”, e depois disso ficou livre dos demônios.

Segue abaixo o trecho da conversa publicado por Macedo, em que acontece o exorcismo:


Bibiana: – Me deixa em paz!

Sandra: – Você sempre é tão respeitosa comigo, por isso sei que não é você.

Bibiana: – Sou eu! Algum problema?

Sandra: – Não acredito, essa não é a Bibiana.

Bibiana: – Me deixa em paz!

Sandra: – Ok, para Bibiana sempre estarei de braços abertos, quando ela necessitar, estarei disponível para ajudá-la.

Bibiana: – Vá embora para longe, afaste-se dela!

Sandra: – Olha, pode me dizer quem é você, por favor? É o irmão dela? Juan Pablo?

Bibiana: – Ele foi viajar. Estou no corpo dela, adivinha quem sou eu? Legião, esse é o meu nome.

Sandra: – Então, maldita Legião, seja queimada agora, em nome de Jesus que te venceu. Sai dela agora!

Bibiana: – Nãoooooo!

Sandra: – É uma ordem, em nome de Jesus que te venceu na cruz, receba fogo, fogo, fogo que te consome.

Bibiana: – Graças a você e a sua maldita ajuda, em vez de 7, agora somos 3, eu te odeio!

Sandra: – Exércitos de Anjos do Deus Altíssimo, o Deus de Abraão, te arrancam dela agora, eu te odeio muito mais, maldito demônio, derrotado. Sai dela agora!

Bibiana: – Nãooo, ela é minha.

Sandra: – Sejam amarrados com o fogo de Deus e os anjos do meu Senhor arrancam vocês agora, em nome de Jesus. Sai dela, para nunca mais voltar!

Bibiana: – Eu não vou sair nunca, sua maldita, desgraçada. Te odeio! Quem é você para me dizer o que fazer?


Sandra: – Eu sou filha do Deus Altíssimo e ordeno, em nome de Jesus, que você saia dela agora! Você não é ninguém, seu maldito derrotado, vá agora para o lago de fogo!

Redação Gospel+







Fonte: Site Notícias Gospel+

http://noticias.gospelmais.com.br/chat-facebook-fiel-expulsa-7-demonios-menina-afirma-macedo-39819.html